Quando logo acordei (poema)




Senti o gosto profundo da tristeza
Senti o vazio preencher o meu peito
Senti a tristeza infinita
Senti uma sede incontrolável de morrer
Senti como nunca antes tinha me sentido

Quero acorda, mas já estou consciente
Quero morre, mas não posso fugir
Quero chorar, mas minhas lágrimas não saem
Quero gritara, mas minha voz não se escuta
Quero correr desesperadamente, mas minhas pernas não se movem
 A única coisa que hoje eu sinto é a tristeza do sonho corrompido.


Por: Maria Fallen

1 Comentário:

Anônimo disse...

"vivo"

vivo na tristeza
a bera de um abismo
minha alma so vaga
minha morte sinto vindo

agora o que fazer
quando me encontro sozinha
o que fazer para que a solidao me deixe pensar
na melhor forma de do escuro escapar

ja tentei muito
de todas as formas fugir
mas quando olho para tras
vejo que nao posso seguir

mas agora que a realidade
apareceu de cara nova
vejo que fugir nao adianta
poi minha alma ao escuro pertence.

a tristeza e melancolia
de minha vida fazem parte
vou aceitar odestino certo
na minha vida o fruto do inexistente e uma arte.

de:alguem que nao tem paz.

Postar um comentário

 
Seja bem-vindo ao mundo gótico! © Copyright | Template By Mundo Blogger |