O Cinema Gótico e expressionismo alemão (Parte 1)

 Recebi a sugestão de pesquisar em torno do tema 'filmes góticos'. Não se há gênero especifico para tal, porém, podemos analisar alguns aspectos admirados no meio gótico encontrados nos filmes que possuem uma temática sombria e/ou assustadora e com personagens bizarros como veremos a seguir.
 Podemos começar então com o prelúdio da cinematografia, voltemos ao inicio século XX, onde deu-se o surgimento de um novo estilo cinematográfico - O expressionismo. Nasceu na Alamanhã, atingindo seu auge em meados da decada de 1920.
 O expressionismo visava expor os sentimentos presentes no mundo interior do artista expressionista, mostrando em sua obra uma reflexão individual.
 O escritor Pedro Monteiro comentou o seguinte sobre o assunto:
 ''...é maior que a idéia de um movimento de arte... obras que combatiam a razão com a fantasia. Influenciados pela filosofia de Nietzsche e pela teoria do inconsciente de Freud, os artistas alemães do início do século fizeram a arte ultrapassar os limites da realidade, tornando-se expressão pura da subjetividade psicológica e emocional.''

O Expressionismo nas artes cinematográficas

 Representou um grande avanço para o cinema na época, utilizavam de vários recursos fótograficos e distorção dos personagens através de excessiva maquiagem para expressar mais vivamente as fantasias dos artistas, a sua visão pessoal do mundo, envolvendo de certa forma, o egocentrismo.
  Os filmes possuiam uma atmosfera sombria de terror, suspense e mistério.
  Muitas obras do gênero na Alemanha, infelizmente, foram destruídas durante a Segunda Guerra Mundial pois os nazistas a consideravam uma arte decadente.

Filmes:

1- O Gabinete do Doutor Caligari

Ano: 1920
Duração: 71 minutos
Direção: Robert Wiene
Gênero: Suspense/terror
Origem: Alemanha


Sinopse
 O Dr. Caligari é um médico, e consegue um aval em uma prefeitura de uma pequena cidade holandesa para apresentar um espetáculo na feira local. No espetáculo ele hipnotiza um rapaz chamado Cesare, que faz previsões sinistras para os moradores locais. A partir deste momento, o jovem é induzido a se tornar um assassino.




2- Fausto

Ano: 1926
Direção: F.W. Murnau
Gênero: Suspense/terror
Origem: Alemanha


Sinopse  Baseado na obra de Goethe. A história, do homem que faz pacto com o diabo. Inicia-se, com Fausto entre livros – de medicina, leis, teologia... A lamentar-se: que apesar de tamanho conhecimento, ainda um vazio o afeta. Quer eminência espiritual. Tentando desvendar o mistério da vida, através da magia, mas sem sucesso. Enquanto contempla o luar, na esperança de seu resplendor inspirar-lhe, conduzindo-o... Ao sublime conhecimento – todos mistérios; da terra e do céu.





3- Drácula

Ano: 1931
Direção: Tod Browning
Duração: 75 min
Gênero: Terror
Origem: Estados unidos


Sinopse
 Drácula (Bela Lugosi) é um conde vindo dos Cárpatos que aterroriza Londres por carregar uma maldição que o obriga a beber sangue humano para sobreviver. Após transformar uma jovem em vampira ele concentra suas atenções em uma amiga dela, mas o pai da próxima vítima se chama Van Helsing (Edward Van Sloan), um cientista holandês especialista em vampiros que pode acabar com seu reinado de terror





4- O retrato de Dorian Gray

Direção: Albert Lewin
Roteiro: Oscar Wilde, Albert Lewin
Gênero: Drama/Terror
Origem: Estados Unidos
Duração: 110 minutos
Ano: 1945


 Sinopse
 Dorian Gray é moralmente corrupto. Os anos passam e sua beleza e juventude continuam a ser mantidas. Um retrato seu que ele mantém para si, escondido de olhos alheios, guarda seus segredos - à medida que os anos vão passando, o retrato vai exibindo sua feiúra interior. Aos poucos, porém, suspeitas começam a acontecer com relação a seu comportamento e vitalidade. 


Comentários:

Postar um comentário

 
Seja bem-vindo ao mundo gótico! © Copyright | Template By Mundo Blogger |